Tudo sobre implementação da norma nr-12 na sua indústria

Tudo sobre implementação da norma nr-12 na sua indústria

A NR-12 – Norma regulamentadora 12, foi toda reestruturada e é rica em detalhes para garantir a proteção dos colaboradores no ambiente de trabalho no setor industrial.

Ela determina, nos diversos segmentos da indústria, exigências de segurança em máquinas, equipamentos e no ambiente de trabalho. Ela vem mobilizando as empresas a fazer ajustes – as adequações – e assim cumprir as regras que previnem e resolvem riscos de segurança aos colaboradores.

Desde sua criação em 1978, a NR-12 foi incrementada com a inclusão de tópicos para regulamentar as questões de segurança em setores específicos das empresas. Ao longo do tempo ela tem sido adaptada às necessidades atuais do mundo contemporâneo do trabalho.

Conhecer os requisitos da NR-12 e como aplicar as exigências é essencial para evitar multas e penalidades na empresa – incluindo interdição de máquinas e equipamentos.

Para acessar a NR-12, na íntegra, clique aqui.

Do que trata a Norma Regulamentadora 12?

Hoje a NR-12 busca a efetividade no controle e prevenção da saúde e higiene no ambiente de trabalho, que considera uma série de situações que devem estar de acordo com o estabelecido na norma, incluindo:

A instalação, e layout das máquinas e equipamentos que os colaboradores manuseiam durante a execução das tarefas. Inclusive com demarcações e facilidades para garantir acesso seguro durante a operação;

  • O acionamento e desligamento automáticos de maquinário e proteção das correntes de energia;
    A estrutura física do espaço produtivo, que deve ter piso antiderrapante, com nivelamento e livres de resíduos que causem quedas ou escorregões;
  • O quadro de transmissão elétrica, para elevar ao máximo a segurança das pessoas que estão diariamente na área da empresa.

Essas são apenas algumas das situações que passam a ser consideradas para implementar a NR-12 nas empresas e evitar interferências na linha e produção e serviços.

Além disso a NR-12 não é taxativa e superficial. Ao contrário, exige itens específicos para cada setor da indústria. Isso requer que todas as empresas se adaptem, de acordo com o seu perfil, ao determinado na norma de segurança no trabalho em máquinas e equipamentos.

Lado positivo e negativo da NR-12

A NR12 visa otimizar a segurança de máquinas e equipamentos: os existentes e os que estão sendo projetados. Mas não se limita a isso apenas, ela considera também a elaboração de máquinas com perspectivas autossustentáveis:

  • A fabricação da máquina e equipamento novos dentro da NR;
  • O transporte das mesmas;
  • A utilização eficiente e eficaz;
  • E não menos importante, o descarte.

A NR-12, observa também outro fator fundamental para a segurança dos operadores: o conceito de falha segura. Neste ponto ela trata de subsídios técnicos inteligentes para ação em caso de situações de perigo.

Mas a principal prioridade da aplicação e adequação à NR-12 é promover o bem-estar e a saúde dos colaboradores, além da queda de riscos de acidentes.

Assim, como em todos os processos, existem os pontos positivos e negativos. Se olharmos por outro ângulo, a implementação da NR-12 vai exigir a elaboração de projeto que requer:

  • Análise de risco;
  • Especificações técnicas detalhadas de cada máquina ou equipamento que é utilizada na linha de produção;
  • Treinamento dos colaboradores e usuários envolvidos;
  • Elaboração dos documentos de controle, planejamento e informação para estar de acordo com a exigência da NR-12;
  • Grandes investimentos financeiros;

No primeiro momento poderá haver queda na produtividade.
Mas estar regularizado é fundamental para qualquer empresa – seja no âmbito financeiro, gerencial, social e legal. É garantia e proteção para as todas as partes envolvidas. Afinal os acidentes no trabalho trazem consequências sérias para todos – colaboradores e empresários.

Quais os custos das adequações e implementação da NR-12?

Os custos são relativos, e devem ser interpretados como investimento para evitar incidentes futuros.

Com planejamento para adaptação aos requisitos da norma regulamentadora os valores se dissolvem no período e o impacto é assimilado gradualmente.

Quais os prazos para a adequação à NR-12?

No Diário Oficial do dia 12 de janeiro de 2017, foi publicada a Instrução Normativa 129. O objetivo é que os empresários se adaptem aos novos padrões da NR-12, e não emitir multas e penalidades. Por isso, o prazo de regulamentação foi estendido.

Os fiscais do trabalho vistoriam e notificam a empresa, que a partir de então tem prazos de até 12 meses para instalar cada exigência estipulada na NR12.

A empresa não pode parar, precisa produzir e a ideia de ser fiscalizada e interditada não deve fazer parte da rotina administrativa.

Por isso o planejamento da aplicação da NR-12 começa na decisão e empenho da direção da empresa, e não deveria ser encarada como um fator de atraso e prejuízo, mas sim como prioridade que não pode ser adiada.

A implementação da NR-12

O norte para aplicação da NR-12 é essencial e deve manter o foco no:

  • Levantamento de dados e diagnóstico
    Elaborar uma análise de tudo que precisa ser feito. Essa análise deve ser específica para cada setor: máquinas, perfil de tarefa, etc.

Utiliza-se para este levantamento relatórios, fotos, entrevistas, e outros. Quanto mais subsídios melhor.

  • Objetivos e planejamento
    Tendo os dados e as informações, chega o momento de elaborar um plano de ação eficiente, viável e bem determinado, principalmente com prazos e recursos.
    Este plano deve ser amplo, deve englobar todos os setores da empresa e precisa receber a atenção de todos. Além disso é preciso aplicar os requisitos da norma NR-12 conforme a exigência de cada máquina ou equipamento.
  • Execução e validação
    Colocar em prática cada nova situação vai exigir adaptações internas e externas. Deve-se sempre ter em mente a viabilidade econômica, de segurança e ambiental. O objetivo de minimizar danos precisa estar enraizado na filosofia da empresa.

Com quem fazer a adequação e implementação da NR-12?

Você está procurando uma maneira rápida e fácil para montar um sistema de segurança? Nós temos a solução: Relés de Segurança SIRIUS 3SK1.

Os novos relés de segurança oferecem excelência, simplicidade, flexibilidade e eficiência. Seu novo sistema modular garante facilidade no planejamento do sistema de segurança, comissionamento e expansão.

Eles monitoram diversas funções de segurança como: Botão de Emergência, monitoramento de portas de proteção, cortinas de luz, bimanual, entre outros. Os relés de segurança SIRIUS 3SK1 asseguram até a Categoria 4, SIL 3 e PL e facilmente sem qualquer conhecimento de programação em mínimo tempo.

Os relés são certificados de acordo com IEC 62061, ISO 13849-1 e são aplicáveis internacionalmente. Para atender diversos requisitos, os relés de segurança são disponíveis em duas unidades: a Básica e a Avançada. Ambas versões podem ser utilizadas em soluções autônomas e integradas.

Clique aqui para visualizar

 

Fonte: http://fersiltec.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda? Converse Conosco